A culpa é de Deus?

frases-sobre-indignacao-foto2

“Jesus disse: ‘Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo’” (Lucas 23:34).

Pouco antes de morrer, Jesus disse essas palavras a Seu Pai celeste. Orou por aqueles que O haviam condenado e pelos homens que O crucificaram. Observe que eles não sabiam o que estavam fazendo. Não compreendiam o que ocorria (por que Ele estava morrendo), embora estivessem envolvidos no fato.

Paulo reforça esse ponto importante. Fala acerca do mistério daquilo que Deus fazia por meio do evangelho pelo mundo perdido. “Nenhum dos poderosos desta era o entendeu, pois, se o tivessem entendido, não teriam crucificado o Senhor da glória” (1Co 2:8, NVI).

Alguma vez você já parou para pensar no significado desse texto? As pessoas em geral não sabiam o que estava acontecendo. Nem mesmo os poderosos que O puseram para morrer – os líderes eclesiásticos e políticos e os soldados que O pregaram à cruz, bem como os que escarneceram dEle – sabiam exatamente o que estava ocorrendo.

Se isso for verdade, então quem realmente crucificou a Jesus? “Temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo. Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo” (1Jo 2:1 e 2, NVI). Quem então é responsável pela morte de Jesus na cruz? Os líderes judeus? Sim, eles desempenharam sua parte. Eram pecadores. Os romanos? Sim, Pilatos e seus soldados cumpriram seu papel. Também eram pecadores. Mas não pare aí. Não pare em Jerusalém. O que dizer das pessoas de Roma, Moscou, Washington, São Francisco, Beijing, Montevidéu, Cidade do Cabo. São Paulo? E você? E eu? Todos nós crucificamos a Jesus, fazendo-O morrer por nossos pecados.

Quão gratos podemos ser pela oração de Jesus a Seu Pai: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo”. Peçamos-Lhe que nos perdoe todos os pecados, a fim de que a Sua morte não tenha sido em vão.

Rogério Reis, “Incomum”

Fonte NT…

ACAMP VERÃO 2017

Faça já sua inscrição!

acamp-verao-2017-p