Arqueólogo fala sobre influência da Guerra na história bíblica

Artur Nogueira, SP… [ASN] Durante a Segunda Guerra Mundial, em 1942, o soldado adventista Desmond Doss (1919 a 2006) foi convocado para lutar, no entanto, recusou-se a carregar uma arma ou a matar por causa de seus princípios adventistas. Enquanto serviu ao exército, ele prestou atendimento médico aos soldados feridos. Em sua luta diária para permanecer fiel a Deus, Doss salvou sozinho 75 pessoas. Hoje, ele é considerado um herói de Guerra e teve sua história contada no filme Hacksaw Ridge (Até o último homem), dirigido por Mel Gibson. Em contrapartida, o cenário em que Doss viveu traz uma profunda reflexão sobre o papel da Guerra na história da humanidade. Se por um lado foi a consciência cristã que motivou Doss a se recusar pegar em armas, por outro, muitos olham para a Bíblia e não compreendem como o povo israelita participava de guerras – e recebia auxílio de Deus para vencê-las. Para entender as principais questões que norteiam a Guerra de acordo com a perspectiva bíblica e arqueológica, a Agência Sul-americana de Notícias conversou com o arqueólogo, Dr. Rodrigo Silva. Confira:

Leia mais clicando aqui…

ACAMP VERÃO 2017

Faça já sua inscrição!

acamp-verao-2017-p