Coração agradecido

gratidao-1

“Saiamos ao Seu encontro, com ações de graças, vitoriemo-Lo com salmos” (Salmo 95:2).

Certo dia, alguns bandidos assaltaram um pregador inglês durante uma viagem. E naquela noite, ele escreveu em seu diário: “Fui assaltado hoje, mas, mesmo assim, sou agradecido. Em primeiro lugar, porque embora tenham levado minha carteira, minha vida foi poupada. Finalmente, estou agradecido por ter sido a vítima, e não o ladrão!”

Aprenda a agradecer continuamente. Paulo nos dá esta prescrição divina: “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (1Ts 5:18). E mais: “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, … e sede agradecidos” (Cl 3:15). As hostes do Céu cantam: “O louvor, e a glória, e a sabedoria, e as ações de graças, e a honra, e o poder, e a força sejam ao nosso Deus, pelos séculos dos séculos. Amém!” (Ap 7:12).

A gratidão é a expressão natural de um coração convertido. Quando expressamos muitas queixas, damos a impressão de que Deus tem lidado conosco de maneira severa. O espírito de reclamação transmite uma imagem negativa de Deus. Reflete uma raiz interior de amargura. Onde há murmúrio, também há corações com problemas.

Por outro lado, um coração agradecido aceita as alegrias e as tristezas da vida. O espírito de lamúria é visto quando a vida não ocorre do modo como desejamos, ou quando não conseguimos exatamente o que queremos. “Não pensemos sempre em nossas necessidades, sem nunca nos importar com os benefícios recebidos. Não oramos muito, mas somos ainda mais pobres em nossas ações de graças. Continuamente recebemos as misericórdias de Deus e, no entanto, quão pouco Lhe expressamos nosso reconhecimento…” (Caminho a Cristo, p. 88).

Faça hoje uma lista de sete motivos de agradecimento. Fale delas a um familiar, um amigo, ou um colega. E louve a Deus todos os dias.

Arautos do Rei, “Minha gratidão”

Fonte NT…

ACAMP VERÃO 2017

Faça já sua inscrição!

acamp-verao-2017-p