Histórias de abnegação marcam encontro dos empreendedores adventistas

img_4496

Porto de Galinhas, PE… [ASN] O que você faria se uma carta velha e sem destinatário, encontrada por acaso no púlpito de uma igreja, chegasse as suas mãos, com um pedido de socorro vindo de um presídio? Na carta, um casal condenado a muitos anos de reclusão, pedia ajuda para seus sete filhos, que viviam sozinhos, no subúrbio da cidade. Isso aconteceu em uma Igreja Adventista no estado do Paraná. A correspondência chegou, do nada, ao conhecimento de Ruth Tesche, em Maringá. Ela se dispôs a ajudar as crianças e ampará-las com remédios, presentes, comidas e guloseimas. Dias depois, impulsionada pela ação divina e por insistência das crianças, Ruth foi até a prisão ao encontro dos pais e iniciou uma série de visitas com acompanhamento espiritual que se multiplicou para mais 16 presidiários. Hoje, 22 anos depois, através desta iniciativa, mais de 15 mil presos já

Leia mais clicando aqui…

ACAMP VERÃO 2017

Faça já sua inscrição!

acamp-verao-2017-p