O Salvador Deus-Homem

coração

“Considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor” (Filipenses 3:8).

A maioria das pessoas está em silêncio durante a passagem do cortejo fúnebre. Mãos cruzadas. Silêncio reverente. Jesus, não. Ele se aproxima da mãe do menino morto e sussurra algo no ouvido dela que a faz se virar e olhar para seu filho. Ele ameaçou objetar, mas desistiu. Fazendo sinal para os que carregavam o caixão, Ele instruiu: “Esperem”.

Jesus caminha na direção do menino. Tendo o corpo ao nível dos olhos, Ele fala. Não sobre Ele, como numa oração, mas para ele, como uma ordem. “Jovem, Eu lhe digo, levante-se!” (Lc 7:14)

Com o tom de voz de um professor que manda os alunos se sentarem ou a autoridade de uma mãe que orienta seus filhos a sair da chuva, Jesus ordenou ao menino morto que deixasse de ser morto. E o menino obedeceu. A pele fria se aqueceu. Membros enrijecidos se moveram. Bochechas brancas se enrubesceram. Os homens abaixaram o caixão e o menino pulou na direção dos braços de sua mãe. “Jesus o entregou à sua mãe” (Lc 7:15).

Ele foi, ao mesmo tempo, homem e Deus.
Lá estava Ele, a pessoa mais importante que já viveu.

Desprezá-Lo? Não podemos.

Resistir a Ele? Igualmente difícil. Não precisamos de um Salvador Deus-homem? Um Jesus apenas Deus poderia nos criar, mas não nos entender. Um Jesus apenas homem poderia nos amar, mas nunca nos salvar. Mas um Jesus Deus-Homem? Suficientemente próximo para ser tocado. Suficientemente forte para nEle confiarmos. Um Salvador que mora ao lado.

Ore comigo: “Salvador poderoso, Tu És o nosso Senhor. Somos fracos e falíveis. Desejamos que Tua força e Teu poder encham nossa vida. Nós Te louvamos porque não apenas nos criaste, mas porque nos entendes completamente. Nós Te amamos e confiamos em Ti. Amém!”

Alessandra Samadello, “A Tua presença”

Fonte NT…

ACAMP VERÃO 2017

Faça já sua inscrição!

acamp-verao-2017-p