O talento criativo de Deus

E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe.

“No princípio Deus criou os céus e a terra” (Gênesis 1:1).

É isto o que é dito: “Deus CRIOU os céus e a terra”. O texto não diz que Deus FEZ os céus e a terra”. Também não diz que Deus “xerocou” os céus e a terra. Ou fabricou, ou desenvolveu, ou produziu em massa. Não, a palavra é CRIOU.

Ora, imagine a criatividade de Deus. De tudo o que não sabemos sobre a criação, existe uma coisa que sabemos com certeza: Ele a fez com um sorriso. Ele deve ter se divertido. Pintar as listas da zebra, pendurar as estrelas no céu, colocar ouro no pôr do sol. Que criatividade! Esticar o pescoço da girafa, criar o movimento das asas dos pássaros, elaborar a risada da hiena…

Que bons momentos foram aqueles. Como um carpinteiro assobiando em sua oficina, Ele amou cada pedaço de tudo aquilo. Derramou de Si mesmo naquela obra. Tão aplicada foi sua criatividade, que Ele tirou um dia de folga no final da semana apenas para descansar.

Então, como como parte final de uma atuação brilhante, Ele criou o homem. Com seu típico talento criativo, começou com um amontoado inútil de terra e terminou com uma espécie valiosa chamada humana. Um humano que teve a honra singular de receber o carimbo “à sua imagem”.

Ore comigo: “Deus Criador, louvo o Teu nome bendito. Quando olho ao meu redor, vejo a majestade da Tua criação e fico maravilhado. Quando me lembro de como satisfizeste todas as minhas necessidades de maneira fiel, fico humilhado e agradecido. Em nome de Jesus, amém!”

Melissa Barcelos, “Oleiro”

Fonte NT…

ACAMP VERÃO 2017

Faça já sua inscrição!

acamp-verao-2017-p