Obstáculos à oração

orarJuntos

“O Senhor disse a Josué: ‘Levante-se! Por que você está aí prostrado? Israel pecou. Violou a aliança que Eu lhe ordenei’” (Josué 7:10-11).

Josué pelo menos chegara ao lugar certo. Desesperado com a recente derrota da nação pela pequena cidade de Ai, ele e os anciãos de Israel realizaram os rituais de arrependimento e ali permaneceram até a tarde. O Senhor, porém, não ficou impressionado com choro e a lamentação do povo. “Levante-se!”, ordenou Deus. O problema era o pecado. Uma vez encontrado é necessário remove-lo do acampamento e assim o problema seria solucionado. Deus não precisava de que Josué se prostrasse naquele momento, queria que ele eliminasse o pecado para que a nação pudesse avançar.

Quando se ora, se chega ao lugar certo. Porém, isso é apenas o começo. Como parte de sua conversa com Deus, você vai “ouvir” Suas palavras lhe falarem ao coração. Ele revelará pecados que devem ser confessados, atitudes que devem ser tomadas e mudanças que devem ser feitas. Ao ler a Palavra, Deus a cientificará do que deseja que você faça. Embora seja bom persistir em ler, orar e buscar, também precisamos agir, especialmente no que se refere ao pecado. Quando Deus lhe revelar o pecado, “levante-se”, confesse-o e faça as mudanças necessárias. Afinal de contas, você tem mais batalhas à frente e precisa estar preparado.

Ore comigo: “Senhor, sei que minhas orações não têm efeito se houver em minha vida algum pecado que não tenha confessado e do qual não tenha me arrependido. Revela-me qualquer pecado que eu esteja abrigando, e eu o confessarei. Não permitirei que haja em qualquer impedimento às minhas orações e não quero colocar empecilhos a nada do que Tu queiras fazer em minha vida. Em nome de Jesus, amém!”

Eclair, “Será que há perdão para mim?”

Fonte NT…