Página especial valoriza história de adventista que foi a guerra e não usou armas

Desmond Doss recusou pegar em armas e ainda salvou 75 pessoas na II Guerra Mundial

Artur Nogueira, SP… [ASN] A postura de Desmond Doss na Segunda Guerra Mundial ficou na história. O adventista que recusou pegar em armas e, por isso, foi deslocado para ser médico. Em 1945, durante a Batalha de Okinawa, a convicção do princípio de amor ao próximo transformou Doss em um heroi. Enquanto o exército americano recuava após ataque japonês, Doss continuou na linha de frente para salvar os feridos. Ao todo, cerca de 75 soldados foram resgatados pelo adventista. Após o ato de coragem, o Exército Americano lhe conferiu a Medalha de Honra.

Leia mais clicando aqui…

ACAMP VERÃO 2017

Faça já sua inscrição!

acamp-verao-2017-p