Perguntas de um cristão

No fim dos tempos a Bíblia mais lida será você!

“Eis o soberbo! Sua alma não é reta nele; mas o justo viverá pela fé” (Habacuque 2:4, ARA).

Uma das características mais interessante da Bíblia é a sinceridade com que apresenta a condição humana. Não ameniza, muito menos encobre, os defeitos de personagens heroicos como Davi, no Antigo Testamento, e de Pedro, no Novo. Por esse e tantos outros motivos, temos a certeza de que a Bíblia transcende tempos e gerações: ela fala a você e a mim hoje como se tivesse sido escrita para nós, o que, de fato, foi.

Na Bíblia, geralmente encontramos pessoas que conhecem bem a Deus dialogando com Ele, muitas vezes com uma sinceridade surpreendente. Mas nenhum livro da Bíblia é mais direto do que o pequeno livro de Habacuque.

“Até quando, Senhor, clamarei por socorro, sem que Tu ouças? Até quando gritarei a Ti: ‘Violência!’ sem que tragas salvação?” (Hc 1:2). À sua volta, testemunhava roubos, brigas, rivalidade e perversidade, e o que Deus estava fazendo? Aparentemente nada.

Esta é uma pergunta muito comum: “Deus, por que não fazes alguma coisa?” Essa foi a pergunta feita pelos judeus em Auschwitz, a mesma pergunta que fazemos ao acompanharmos um ente querido na luta contra uma doença grave que lhe ameaça a vida.

Deus respondeu a Habacuque. Revelou-lhe que em breve permitiria que os babilônios invadissem a terra. Eles seriam usados como instrumentos para trazer o julgamento divino sobre a nação pecaminosa.

Os babilônios? Aquilo era demais para Habacuque suportar. Sim, Israel era uma nação defeituosa, mas os babilônios idólatras e pagãos eram dez vezes pior! “Por que toleras todos os perversos? Por que ficas calado enquanto os ímpios devoram os que são mais justos que eles?” (v. 13).

Esta é outra pergunta muito comum: “Deus, porque fizeste isso comigo? Por que me fazes sofrer assim?”

Deus concedeu ao profeta uma resposta, a mesma resposta que nos dá hoje: “O justo viverá pela sua fé” (Hc 2:4, ARA). Deus disse a Habacuque, e nos diz hoje, para confiar nEle. Nossa visão é curta, mas a visão de Deus é infinita. Ele nos ama e, se permitirmos, Ele resolverá tudo para que nossa história tenha um final feliz.

Jônatas Ribeiro, “Silêncio de Deus”

Fonte NT…

ACAMP VERÃO 2017

Faça já sua inscrição!

acamp-verao-2017-p